Anônimos & Celebridades Utilidades & Futilidades / De Tudo um Pouco & Um Pouco de Tudo

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Por Dotti jr : Procura-se um amor de violino em pleno carnaval



Procura-se homens e mulheres que saibam amar como um violino
Calmo , suave , sereno , agudo , dramático , bonito , profundo e original
Se nossos méritos são responsáveis por construir o nosso destino
Me diga, porque os mesmos procuram um amor em bebidas e festas de carnaval ?


Bata as asas , mas não voe para longe de mim
Silencie-se em palavras quando estivermos perto do fim
Resgate no teu peito uma até então vontade perdida
Não deixe de ficar quando quiseres ser , partida

Deixe de ser prosa e procure rimas gramaticais
Seja sempre nova e me ofereça algo a mais
Que eu completo a tua frase do jeito mais bonito
Dando um fim a qualquer "quase" com um beijo infinito

Seja a melodia mais dramática de um violino
Caminhos práticos nunca fizeram um bom destino
Viva a sua história mas me escreva em sua biografia
Pois de nada vale uma vitória sem nenhuma companhia

Lembre-se que o amor é a meta mais inconsequente
Dentro de um poeta que escreve a dor , que deveras sente
Não se esconda do mundo , não se esconda da vida , não seja sozinho
Pois em meia atitude e um segundo eu fecho uma ferida com o seu carinho

Com medo do amor limitou-se a se sentir presa
Acorde cedo e abre as comportas da tua represa
Despeja em mim todos os seus sete mares
Que eu lhe darei de volta todo o amor que me dares

Se você fosse só amor não haveria motivos para recaída
fácil seres passivo , quando percebe que estou de saída
Mas o medo da minha partida parece nunca ter te ensinado
Que o segredo da vida é dar valor pra quem está aseu lado

Quem me dera ser testemunha dos versos que tanto admiro
Vontade esta que grunha em busca de um último suspiro
E é assim rodeado de problemas , que eu vejo a vida passar
Transformando feriado em poema na esperança de vê-la chegar

Sinto uma saudade dentro do peito de algo que não vai voltar
E assim meio que sem jeito salto de um precipício sem ter asas para voar
Não pense você que é por excesso de coragem ou desespero que me rebaixo
Apenas saiba que antes de preparar a bagagem e soltar , eu me encontrei lá embaixo

Se for amar deixe de lado sua desconfiança
E não venha me falar que o amor é cego demais
Cego é você que ainda enxerga esperança
Nos braços de alguém que não te quer mais

"Já disseram-me que o amor é o ridículo da vida
 Ridículos somos nós que transformamos o que é cura em ferida"


Dotti Gioia Busch Jr




  

7 comentários:

  1. Adorei!

    Bjks

    http://un-necessary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Uma duvida, esse texto é do DOTTI GIOIA?

    ResponderExcluir
  3. texto bem interessante para que reflitamos sobre nossas verdadeiras intenções quanto aos nossos relacionamentos, abçs

    ResponderExcluir
  4. Esse texto não é apenas interessante, é bom!
    E concordo plenamente com o último comentário, em destaque.
    Gostei do post, vi que é do Dotti Gioia, certo? Não o conheço, mas gostei do texto dele...

    ResponderExcluir