Anônimos & Celebridades Utilidades & Futilidades / De Tudo um Pouco & Um Pouco de Tudo

sábado, 12 de janeiro de 2013

Por Dotti Jr : Carielo

Para quem me perguntou quando veriam algo novo
de Dotti Jr no Blog ...
Para Vocês :




Carielo




Este balanço será sempre um balanço

Este jardim será sempre um jardim

Onde estará seus braços que não alcanço

Dói a vida tão doída,tanto em mim


Esta casa será sempre uma casa

Esta vida será sempre vazia

Teu canto já não enche mais a sala

E desde então a madrugada é tão fria


Este céu será sempre este céu

Está estrela nem sempre será

Palavras iluminam sonhos no papel

Que não sobrevivem sem a luz do seu olhar


Esta grama será sempre está grama

Estes passos revelarão o meu caminho

Este silêncio que dentro de mim te chama

Me tortura quando eu estou sozinho


O violão será sempre um violão

E partituras não o deixarão de ser

Toda melodia será feita com o coração

E toda poesia será feita pra você


A vida continuará sendo vida

Mas,não mais a vida com a qual eu sonhei

Sem você ao meu lado minha história será lida

E de nada adiantará chorar pelas lágrimas que já derramei


E hoje só me resta sentir saudades de quem partiu

Sem antes transformar teus sonhos nos meus

Alguém que foi embora e se despediu

Antes mesmo que eu lhe desse um breve adeus


Palavras serão apenas motivos

Que o silêncio poderá denunciar

Mesmo que não me dê ouvidos

Ainda sim me restará te esperar


Quem pagará o enterro e as flores

Se eu morrer de amores na primavera

Quem devolverá os sonhos e as cores

Desfeitos na paisagem mais bela.


Paisagem esta que leva o teu nome

E o pesar de um dia triste e sem cor

Durante mais uma noite você me consome

Carielo,pra onde iremos sem amor ?


Está necessidade será sempre necessidade

Ardente como a vontade de te sentir

Teus lábios tocam os meus cheios de saudade

Ai que saudade de quando estava aqui


"O tempo preferido do amor é sempre de repente,muitos são aqueles que comparam a dor e esquecem que a mais dolorida é a mais recente,eu procurei por um grande amor durante toda minha vida,jurei desistir depois de cada oportunidade perdida,mas o amor é assim, quanto menos se quer mais se encontra,talvez sua graça seja realmente ser sempre do contra,alguns usam relógios de pulso,celulares ou despertador,mas não há nada capaz de identificar o tempo como o amor,para quem ama alguém que está do lado,o amor será sempre um feriado ou um gingado de capoeira,mas para quem ama alguém que está do outro lado o amor será sempre uma segunda feira,viram como amar faz o tempo passar veloz ? já estou no fim do poema ! Talvez o amor seja mesmo aquela vontade de ligar só para ouvir a mesma voz,mesmo não tendo nada demais para falar,mas se acalme,encontrar um amor verdadeiro não tem nada a ver com pressa,tenha calma e não quebre essa promessa, pois o amor não pode ser forçado,então antes de amar verifique se você também é amado,e se for,ai sim a hora é essa...


     " Enquanto esconderes do tempo a tua dor, de nada adiantará sofrer calado por um grande amor "


Dotti Gioia Busch Jr


10 comentários:

  1. Digno de aplausos, de aplausos de pé!
    Quanto sentimento! É como eu sempre digo, falar de amor é fácil, fazer isso é comum, mas expressar o maior dos sentimentos de forma tão pura e verdadeira é para poucos e raros, assim como o Dotti Jr. Estou cada vez mais encantada com os escritos dele. Parabéns novamente, muito lindo mesmo!

    Andy, estou gostando muito de vir aqui. Seu blog está bem bacana.

    Abraço e sucesso sempre! =)

    ResponderExcluir
  2. Todo mundo quer receber amor, mas dar que é bom nada
    acho que por isso que o mundo está como está!

    ResponderExcluir
  3. O amor é o sentimento mais nobre que o ser humano pode compartilhar e sentir.
    Linda escrita!

    ResponderExcluir
  4. MUITO LEGAL O TEXTO !

    ResponderExcluir
  5. "A vida continuará sendo vida
    Mas,não mais a vida com a qual eu sonhei
    Sem você ao meu lado minha história será lida
    E de nada adiantará chorar pelas lágrimas que já derramei" Parabéns Dotti Jr, você mostrou uma sensibilidade poética aguçada nesse verso !

    ResponderExcluir