Anônimos & Celebridades Utilidades & Futilidades / De Tudo um Pouco & Um Pouco de Tudo

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

A Fé ...

Nesta semana natalina e prestes a acabar o ano
muito se fala na necessidade de atos bondosos e a busca
pela verdadeira Fé , como se só nesta época isso tivesse
alguma importância .

A Fé é descrita como a firme opinião de que algo é verdade
sem qualquer tipo de prova ou critério objetivo para verificação
pela absoluta confiança que depositamos nesta ideia 
ou fonte de transmissão . 
No contexto religioso ela pode significar aceitação , compromisso
lealdade e devoção .


No mundo da ficção ela aparece sob  diversas formas
tanto positivas quanto negativas .
Vamos recordar algumas demostrações desta fé
seja no cinema , Tv , literatura e etc...
São muitos casos , então apenas alguns serão citados .

Sem dúvidas a fé católica ou cristã é a que mais temos
referências em diversas áreas .
O filme A canção de Bernadette ( 1943 ) que é baseado
em um romance alemão conta a famosa história da camponesa
que teve a visão da Virgem Maria em Lourdes .
Jennifer Jones levou o Oscar de atriz e a igreja católica
o considera uma ótima propaganda de sua fé .

Joana D'arc já teve diversas versões no cinema , mas
nenhuma tão contundente como o arrepiante
filme francês de 1928 que mostra a fase de interrogatório
onde a cúpula católica do local usa de tortura e meios
escusos para tirar sua confissão .
Mesmo numa situação dessas , a fé da guerreira francesa
não é abalada e ela passa por todo tipo de provação .
Aqui é mostrado o outro lado da fé por parte dos inquisidores .


O Código da Vinci e Anjos e Demônios também põe
em xeque as verdadeiras intenções da instituição católica .
Coisa que vem sendo feita há muitíssimo tempo .

Diversas versões da peregrinação de Cristo já foram
mostradas , algumas vezes bem contundentes como
no Evangelho segundo Matheus de Pasolini 
e A Paixão de Cristo , filme polêmico de Mel Gibson .
Duas visões diferentes , uma revolucionária e outra sofredora .

Grandes mestres do cinema vez ou outra mostraram
a fé religiosa em seus trabalhos .
Bergman tem diversos casos , mas talvez nenhum mais
conhecido e importante do que O Sétimo Selo .
Buñel mostrou em Nazarin , a difícil peregrinação
de um padre após ele dar abrigo a uma prostituta .

O auto da compadecida , peça do nordestino Ariano Suassuna
também fala de fé , assim como O Santo Inquérito 
de Dias Gomes . 

No filme Batismo de Sangue , padres usam a fé como
refúgio enquanto são torturados pela famigerada literatura .

Glauber Rocha falou de Candomblé no filme Barravento
Jorge Amado também em diversas obras , mais precisamente
o ótimo A Tenda dos milagres .

Em 2010 o filme sobre a vida de Chico Xavier deflagrou
a onda de filmes espíritas : Nosso Lar , Bezerra de menezes
As mães de Chico Xavier .



Não podemos esquecer que movidos pela fé
de Antônio Conselheiro , Canudos resistiu por um tempo .


Os conflitos religiosos do Oriente médio não podem
ficar de fora e apareceram em diversos filmes :
recentemente em Argo , o iraniano A Separação 
Munique de Steven Spielberg ...




A Má Fé também tem seu lugar , mais especificamente
em certos horários na Tv onde vemos uma verdadeira
exploração do ser humano , mais precisamente
os mais humildes .



Estes foram alguns exemplos ficcionais ou não
das diversas formas de usar a fé , para o bem ou
para o mal .
Mesmo sendo algo que não se discute já que cada
um acredita no que lhe apetece é preciso mais
do que pura Fé , é preciso 
DISCERNIMENTO e BOM SENSO ...

19 comentários:

  1. A fé move montanhas. Sem fé não somos nada.

    ResponderExcluir
  2. bom post, e concordo com você sobre isso

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. precisamos crer...só assim esse mundo não acaba.;;

    ResponderExcluir
  5. muitooo bom :D http://bloggdoanonino.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. discernimento e bom senso sempre! :)

    http://manusoaress.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Muitos dos que inspiraram os filmes tinha suas vidas dedicadas a algo e apoiados em suas convicções.
    Lembrei:
    "A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.
    Porque por ela os antigos alcançaram testemunho.
    Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam." Hebreus 11
    É no que acredito.
    Um forte abraço

    ResponderExcluir
  8. Já vi a maioria dos filmes que você citou na postagem, e concordo com essa frase: "Mesmo sendo algo que não se discute já que cada
    um acredita no que lhe apetece é preciso mais
    do que pura Fé , é preciso
    DISCERNIMENTO e BOM SENSO ..."

    ResponderExcluir
  9. Obrigado pelo comentario,gostei muito do blog aproveita e nos siga
    abraço
    http://www.assistefcd.blogspot.com.br
    vou te seguir tambem


    ResponderExcluir
  10. Fé é acreditar em algo e isso de certa forma independe de filiação religiosa. Texto bem escrito.

    ResponderExcluir
  11. Cafajeste Sedentário29 de dezembro de 2012 14:45

    De fato,sem fé não somos nada.

    ResponderExcluir